Pular para o conteúdo principal

HP Elite X3 tem câmeras colocadas à prova após atualização





A HP iniciou recentemente a comercialização de seu flagship Elite X3 com Windows 10 Mobile, possibilitando que usuários em diversos locais do mundo pudessem enfim colocar as mãos no primeiro (e até o momento único) modelo topo de linha com a plataforma lançado em 2016. Como vimos, isto permitiu que alguns testes mais aprofundados começassem a ser feitos com o enorme phablet, incluindo desde comparativos com seus métodos de autenticação biométrica até outros envolvendo o conjunto de câmeras utilizado pela companhia em relação ao que temos no Lumia 950.

Agora, mais uma série de imagens e até mesmo um vídeo foram divulgados pelo portalWindows Central, onde as câmeras do Elite X3 são colocadas à prova após a última atualização de firmware liberada pela HP, que de acordo com a empresa foi suficiente para corrigir todos os problemas enfrentados na captura de imagens e gravação de vídeos com o aparelho. Vale notar que tudo foi feito no modo automático, buscando assim demonstrar a maneira como o app Windows Camera reage a mudanças repentinas de luminosidade e foco.

Começando pelo vídeo, podemos ver que o grande destaque do Elite X3 está na gravação de áudio. O dispositivo é capaz de suprimir quase que completamente o ruído do vento durante toda a duração do vídeo, tanto com a câmera frontal quanto com a posterior. Por outro lado, ao analisarmos as imagens, vemos que a HP ainda está longe de entregar algo minimamente satisfatório. Isto acontece principalmente com a câmera frontal, onde o balanço de branco e a exposição são alterados aleatoriamente e fazem com que a imagem fique "saltando" entre algo brilhante com cores vivas e escuro com cores lavadas.

Além disso, mesmo que não seja possível perceber claramente no vídeo, é dito que o Elite X3 demonstra bastante dificuldade com relação ao foco automático, demorando alguns segundos para perceber que o assunto foi alterado. Isto pode ser notado por volta de 1 minuto e 45 segundos do vídeo, onde o responsável pela gravação estava focando em um objeto próximo e deseja mudar para algo mais amplo, demorando um bom tempo para que o aparelho perceba isso. Por último, é destacada a ausência de um sistema de estabilização óptica, o que faz a imagem tremer mais do que estamos acostumados a ver em modelos topo de linha.

Partindo para as imagens, vemos que o Elite X3 não desaponta em ambientes mais iluminados, apresentando cores fortes e um bom nível de contraste. Ao passarmos para locais com maior índice de sombras, contudo, a qualidade cai consideravelmente, sendo encontrado um alto nível de ruído digital mesmo em simples capturas em ambientes internos. Não é possível sabermos no momento se esta qualidade abaixo do esperado se dá pelo software de pós-processamento ou pelo sensor utilizado, sendo necessário aguardarmos por informações mais detalhadas para vermos se será possível corrigir estes problemas.

Em termos de especificações técnicas, as câmeras do Elite X3 contam com:
Câmera principal Vídeos em até 4K a 30 fps
Resolução máxima de 16 megapixels
Conjunto de seis lentes com f/2.2
PDAF
Pixels de 1.31 µm
Câmera frontal Vídeos em até Full HD a 30 fps
Resolução máxima de 8 megapixels
Conjunto de cinco lentes com f/2.2
Pixels de 1.12 µm



O HP Elite X3 não deve vir ao Brasil atualmente, mesmo chegando a outros países da América Latina. Devido a isto, os interessados precisarão apelar para meios de importação e arcar com as taxas devidas, porém poderão ficar tranquilos com relação ao suporte tanto de hardware quanto de software, já que a filial brasileira da empresa já confirmou que a garantia é válida em solo tupiniquim sem qualquer complicação.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As cidades brasileiras com maior número de dispositivos infectados por hackers

Os brasileiros precisam estar cada vez mais atentos com a segurança digital dos seus computadores e celulares. Um relatório da Norton by Symantec revela que o país é o terceiro com mais dispositivos infectados por hackers através de bots.
O país também se destacou como sendo o mais afetado da América Latina, com 37% dos equipamentos infectados. As cidades de São Paulo (36,3%), Rio de Janeiro (20,74%) e Curitiba (6,29%) concentram a maior parte das infecções no país. Além disso, a capital paulista é a segunda com o maior número de dispositivos infectados, ficando atrás somente da Cidade do México.

Veja as dez cidades brasileiras e da América Latina que mais sofrem ataques hackers:

Apenas em 2016, foram identificados mais de 6,7 milhões de dispositivos que foram adicionados à rede global de botnets – os bots são dispositivos conectados à internet infectados com malware que permitem que hackers assumam remotamente o controle de muitos dispositivos ao mesmo tempo –, sendo que mais de 689…

Como recuperar fotos apagadas do Instagram

(Foto: Reprodução)
Como recuperar fotos apagadas do Instagram


Caso você tenha apagado uma foto bacana do Instagram e queira recuperá-la, existem duas possibilidades de fazer isso, embora nenhuma delas garanta que sua imagem será de fato recuperada.

Abaixo explicamos de duas maneiras como encontrar uma foto que você já postou no Instagram. Uma delas depende do Facebook, enquanto a outra aposta na câmera do seu smartphone para resgatar imagens antigas.

Pelo Facebook

Caso você tenha vinculado sua conta do Instagram ao Facebook e costume postar as fotos nas duas redes simultaneamente, é bem provável que a foto removida do Instagram também esteja no seu Facebook.

Para encontrá-la, entre no seu perfil na rede social de Zuckerberg e procure pelos álbuns de fotos. Um deles chama "Instagram Photos" e conta com todas as imagens enviadas ao Facebook por conta do Instagram. Lá dentro, é só procurar a foto que você quer no meio delas.

Nas fotos do seu smartphone

Caso você mantenha ativada a opçã…

GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha

(Foto: Reprodução/Mashable)
GoPro revela a Hero 6 Black, sua nova câmera top de linha

A GoPro anunciou uma nova geração de sua tradicional câmera de ação. A Hero 6 Black chega para suceder a Hero 5 revelada no ano passado e traz uma série de novas capacidades para a câmera em termos de captura de imagem e conectividade.

Em termos de imagem, os usuários vão poder aproveitar a nova tecnologia para registrar vídeos em resolução 4K a uma taxa de 60 quadros por segundos. O modelo anterior só conseguia registrar 30 quadros por segundo nessa resolução. Além disso, quem preferir registrar vídeo em HD poderá aproveitar uma taxa de até 240 quadros por segundo, enquanto o antecessor só chegava a 120.

Já sobre conectividade, a chegada do suporte a redes Wi-Fi de 5 GHz será bem-vindo para quem já fez a transição para um roteador mais recente, com padrão 802.11ac. Isso pode permitir maiores taxas de transferência, o que é sempre uma boa notícia.

Outras mudanças incluem a melhoria na estabilização de ima…