Xiaomi Meri vai usar o primeiro processador da marca chinesa

 A Xiaomi desde cedo se destacou com uma das melhores ofertas preço/qualidade do mercado mobile. Desde cedo que surgiram rumores que a Xiaomi estaria a pensar desenvolver processadores próprios, embora nunca se tivessem observado movimentos por parte da marca chinesa que comprovassem os vários rumores existentes. Os rumores já têm algum tempo, mas fervilharam nos últimos dias com a divulgação de algumas imagens dos alegados testes de benchmark ao Xiaomi Meri. Aqui foram reveladas as seguintes especificações: ecrã de 5.5 polegadas e uma resolução de 1080p, 3GB de RAM, processador octac ore ainda desconhecido a 1.4GHz, GPU Mali-T860 e Android 6.0 Marshmallow. Segundo um leak recente, poderá ser mesmo desta que a Xiaomi irá lançar a sua própria gama de processadores, começando já com o lançamento de um modelo de gama média. Se no benchmark da AnTuTu o Xiaomi Meri obteve uma pontuação de 63.581 pontos, o resultado nos testes na aplicação Geekbench terminaram com 58 pontos em core único e 3105 em multicore. Até agora, a empresa tem equipado os smartphones da linha Mi (a gama alta) com processadores da Qualcomm e os da linha Redmi (gama média e baixa) com os da MediaTek 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa