Entenda o que faz a tela do Moto Z2 Force ser 'indestrutível'



(Foto: Cesar Schaeffer / Olhar Digita)
Entenda o que faz a tela do Moto Z2 Force ser 'indestrutível'

A Lenovo apresentou ao mundo nesta terça-feira, 25, mais um smartphone com a marca Motorola. Trata-se do Moto Z2 Force Edition, um celular top de linha feito para competir com os mais caros e potentes modelos disponíveis no mercado.

O nome "Force Edition" diz respeito a uma curiosa característica do aparelho: sua tela com proteção Shattershield, uma solução criada pela própria Motorola e que, segundo a fabricante, deixa o display "inquebrável", dando adeus às telas trincadas de celulares que encontraram o chão uma vez ou outra.

O que a Motorola vende como mágica é, na verdade, uma solução de engenharia que apareceu pela primeira vez em 2015, com o Moto X Force. No ano passado ela foi usada no Moto Z Force (que não foi vendido no Brasil) e, agora, aparece novamente no Moto Z2 Force.

Mas o que é esse Shattershield? Trata-se do nome que a Motorola dá a um conjunto de cinco camadas desenhadas cuidadosamente para reforçar a resistência do display. Na camada mais baixa fica a tela de AMOLED, que é mais flexível do que outros materiais e mais capacitada para absorver impactos, sem prejudicar a definição das imagens.



Em seguida vem uma dupla camada touchscreen, que dá mais profundidade e resistência aos comandos sensíveis ao toque do display. Sobre ela está uma lente integrada, projetada para ser mais flexível que o vidro, mas mantendo nitidez e transparência.

Por último vem a lente externa, uma camada extra de proteção e com revestimento especial desenvolvida pela Motorola. A quinta camada, que fica abaixo de todas as anteriores, é o chassi de alumínio que envolve as outras "fatias" do Shattershield.

No Moto X Force, esse sistema deixava o celular um pouco mais pesado do que a maioria dos modelos da mesma faixa de preço na época. Desta vez, a Motorola garante que o reforço na tela não compromete o design e nem a ergonomia do Moto Z2 Force.

Com tudo isso, o celular promete sobreviver a qualquer queda ou impacto mais forte sem deixar trincos ou riscos no display. Isso não quer dizer que o smartphone é indestrutível por inteiro, mas só que você não precisará se preocupar ao deixá-lo cair no chão por acidente.

Além disso, a Motorola oferece garantia de quatro anos para o vidro e para as películas de proteção do Moto Z2 Force, mas não para o celular inteiro. Ou seja: uma queda pode até destruir a câmera ou componentes internos do aparelho, mas dificilmente deixará marcas no painel frontal.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa