A HTC anunciou nesta quarta-feira (16) na China, mais um smartphone com o sistema operacional Android, o HTC Desire 709d.

O aparelho conta com um design moderno e atraente, porém com uma ficha técnica que o posiciona entre os modelos intermediários do mercado.
 
Ele traz uma "avantajada" tela de 5 polegadas com resolução qHD (960 x 540 pixels), é equipado com um processador Qualcomm Snapdragon 200 quad core de 1,2 GHz, 1 GB de memória RAM,  8 GB de espaço interno, slot para cartão microSD e bateria de 2.100 mAh. Além disso, ele possui uma câmera frontal de 2.1 megapixels, uma traseira de 8 MP com flash LED (capaz de filmar em Full HD/1080p) e sai de fábrica rodando o Android 4.1.2 Jelly Bean com a interface Sense UI.
 
O HTC Desire 709d aparentemente é voltado apenas para o mercado chinês (simplesmente o maior do mundo) e dificilmente será distribuído em outros países. Ele começará a ser comercializado por lá no dia 23 de outubro nas operadoras chinesas: China Mobile, China Unicom e China Telecom.
 O aparelho conta com um design moderno e atraente, porém com uma ficha técnica que o posiciona entre os modelos intermediários do mercado.
 
Ele traz uma "avantajada" tela de 5 polegadas com resolução qHD (960 x 540 pixels), é equipado com um processador Qualcomm Snapdragon 200 quad core de 1,2 GHz, 1 GB de memória RAM,  8 GB de espaço interno, slot para cartão microSD e bateria de 2.100 mAh. Além disso, ele possui uma câmera frontal de 2.1 megapixels, uma traseira de 8 MP com flash LED (capaz de filmar em Full HD/1080p) e sai de fábrica rodando o Android 4.1.2 Jelly Bean com a interface Sense UI.
 
O HTC Desire 709d aparentemente é voltado apenas para o mercado chinês (simplesmente o maior do mundo) e dificilmente será distribuído em outros países. Ele começará a ser comercializado por lá no dia 23 de outubro nas operadoras chinesas: China Mobile, China Unicom e China Telecom.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Driver leadership 0091 - Receptor de TV Digital.zip

Vendas de smartwatches crescem quase 50% graças à Apple e Samsung

Anatel- lei sobre telemarketing