LG passará a fabricar seus próprios processadores de smartphone com a Intel




LG passará a fabricar seus próprios processadores de smartphone com a Intel

Ontem, durante a Intel Developer Forum, a Intel anunciou que começará a fabricar processadores com a arquitetura da ARM. Na mesma apresentação, a empresa ainda disse que fechou uma parceria com a LG, que usará as fábricas da Intel para produzir chips para seus próximos dispositivos móveis.

De acordo com o Recode, a ideia da LG é aproveitar o processo de fabricação em 10 nanômetros que a Intel pretende estrear no próximo ano. Usando processadores de fabricação própria, a LG poderia adequar melhor o software de seus aparelhos ao hardware; atualmente, os smartphones da empresa coreana utilizam os processadores Snapdragon da Qualcomm.

Feito em casa

A LG não será a primeira empresa a produzir seus próprios processadores para smartphones. As líderes do mercado, Apple, a Samsung e Huawei, já adotam essa estratégia. A Samsung, além de criar processadores para seus smartphones, também possui uma extensa infraestrutura de semicondutores e produz, entre outras coisas, os processadores dos iPhones.

É possível, portanto, que a LG esteja buscanddo um caminho semelhante ao da Samsung, empresa com a qual concorre no segmento de smartphones Android. Por outro lado, desenvolver seus próprios processadores exige tempo e investimento. Por esse motivo, é possível que, inicialmente, a LG utilize a parceria com a Intel para criar chips para outros produtos seus.

Se você não pode vencê-los...

Não se trata, por outro lado, de uma grande vitória para a Intel. A fabricante de processadores ficou muito tempo competindo com a ARM no ramo de processadores para smartphones, e chegou a perder mais de US$ 10 bilhões antes de desistir dessa área.

Começar a produzir chips na arquitetura ARM, portanto, é uma espécie de admissão de derrota por parte da Intel. Por outro lado, mesmo com as perdas consideráveis incorridas na área, investidores da Intel viram com bons olhos sua desistência do mercado de smartphones. A parceria com a LG poderia, portanto, representar uma nova tentativa da empresa de participar desse mercado.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Colecionando problemas: Google Pixel tem falha na função toque duplo para despertar

Microsoft patenteia leitor de digital e gestos como o do Google Pixel

BlackBerry deixa de fabricar smartphones e licencia marca para chinesa